Gestão e Desenvolvimento Regional - Mestrado Profissional (MGDR)

INFORMAÇÕES

Conceito Capes: 4

Carga horária: 645h

Duração: 24 meses

Período de Inscrição: 17/10/2022 a 04/03/2023

Taxa de inscrição: R$200,00

Período de Matrícula: 16 a 23/03/2023

Vagas: 15

Horário das aulas: Semanal: Sextas das 19h às 23h e sábados das 8h as 12h.

Investimento: Matrícula de R$1300,00 + 23 mensalidades de R$1300,00

O Mestrado Profissional em Gestão e Desenvolvimento Regional (MGDR), curso vinculado ao Programa de Pós-graduação em Administração (PPGA) da Universidade de Taubaté, recomendado pela CAPES com nota 4, iniciou sua primeira turma em 2000. Desde então, o trabalho de pesquisa feito por mestrandos e docentes aborda os fenômenos socioprodutivos, locais e regionais que acompanham o desenvolvimento regional em suas diferentes dimensões humana, política, econômica, tecnológica, saúde, educação e ambiental, preservando as características histórico-culturais que formam a identidade local.

A grade curricular contempla atividades teóricas, práticas e extracurriculares, incentivando os futuros mestres a participarem de mostras, seminários e congressos, dentre outros eventos acadêmicos que ocorrem de forma virtual, híbrida ou presencial e são promovidos pela Universidade de Taubaté e outras Instituições de Ensino Superior de projeção nacional.

Os temas de pesquisa escolhidos entre mestrandos e docentes versam sobre questões atuais relacionadas às dinâmicas de desenvolvimento a partir da reflexão crítica e elaboração de alternativas e diagnósticos, bem como dos processos de gestão e avaliação. Nessas investigações interdisciplinares incluem-se a agenda 2030, os indicadores dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) e demais estudos que resultem contribuições efetivas e influenciem, direta ou indiretamente, no desenvolvimento de uma região.

 

Coordenação
Prof. Dr. Edson Trajano Vieira - Coordenador Geral
e-mail: trajano @unitau.br

Profa. Dra. Quésia Postigo Kamimura - Coordenadora Adjunta
e-mail: quesia.pkamimura@unitau.br

Local das aulas:
Departamento de Gestão e Negócios 
Rua Expedicionário Ernesto Pereira, 225 - Taubaté/SP


Secretaria Unificada dos Cursos de Pós-graduação

e-mail: posatende@unitau.br
Rua Visconde do Rio Branco, 210, Centro - Taubaté/SP
Tel: (12)3625-4226

Mais informações
Tel:(12) 99238-9969
E-mail: centralpos@unitau.br

 

PROCESSO SELETIVO

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO

(CLIQUE AQUI)

FORMULÁRIO COMPLEMENTAR DO PROCESSO SELETIVO

(CLIQUE AQUI)

EDITAL 0005/2023-PRPPG BOLSAS FIDELIDADE E DOCENTE UNITAU

(CLIQUE AQUI)

PESQUISA

O programa concentra seus estudos e pesquisas na área de Planejamento, Gestão e Avaliação do Desenvolvimento Regional, englobando temas sobre o ensino, a pesquisa, a consultoria técnica e a sua extensão no campo do desenvolvimento humano, social, urbano, industrial e tecnológico. Engloba o estudo das dimensões fundamentais do homem, indivíduo e ser social, e suas relações com o ambiente produtivo e cultural e com o meio ambiente. Disto decorre a abrangência essencialmente interdisciplinar do programa, envolvendo aspectos técnico-operacionais, econômico-financeiros, organizacionais, sociais, ambientais, éticos e científico-tecnológicos.

A preocupação com a análise do indivíduo, do comportamento e da cultura organizacionais está inserida nos estudos desenvolvidos na linha de pesquisa Gestão de Recursos Socioprodutivos. Esta linha é dedicada ao estudo e análise das pessoas, do comportamento e da cultura organizacionais, bem como aos aspectos técnicos da atividade produtiva da organização.

As linhas de pesquisa Planejamento do Desenvolvimento Regional e Avaliação e Políticas de Desenvolvimento Regional refletem a sintonia entre o caráter regional da proposta e o desenvolvimento de pesquisas e projetos relacionados às tomadas de decisões e a sistemas integrados de pessoas, materiais, recursos financeiros, equipamentos e ambientes. As pesquisas destas linhas visam a melhoria da produtividade do trabalho, da qualidade do produto e do processo que, no conjunto, são elementos fundamentais na promoção do desenvolvimento regional.

 

LINHAS DE PESQUISA

LINHA 1- GESTÃO DE RECURSOS SOCIOPRODUTIVOS

Esta linha é dedicada ao estudo e a análise das pessoas, do comportamento, das condições de vida, das políticas públicas e da gestão em saúde, bem como dos aspectos técnicos da atividade produtiva das organizações. Trata das relações do homem consigo mesmo, com o meio ambiente e com as organizações sociais das quais ele participa ou sofre alguma influência.

Ainda são estudados os aspectos do comportamento humano nas organizações, do ponto de vista do indivíduo e do grupo e dos processos de gestão, buscando a melhoria do uso dos recursos produtivos e analisando seus impactos sobre o desenvolvimento regional. Contempla estudos que se fundamentam em assegurar vida saudável e bem-estar para as pessoas, melhorias nas condições de vida e em boas práticas de gestão.

Esta linha de pesquisa abriga dois projetos de pesquisa:

Projeto1 - Gestão de pessoas e relações de trabalho na contemporaneidade - Clique aqui para conhecer um pouco mais sobre o projeto

 

    OBJETOS DE ESTUDO

  • Profissionalização, desenvolvimento profissional, gestão de carreiras  
  • Impacto das novas tecnologias no desenvolvimento do trabalho
  • Gênero e trabalho
  • Formas de organização e flexibilização do trabalho e seus impactos nos processos formativos e sociais
  • Formas de organização e flexibilização do trabalho e seus impactos nos processos de gestão
  • Cultura e Clima Organizacional
  • Liderança
  • Gestão da Diversidade no contexto organizacional
  • Qualidade de Vida no Trabalho
  • Satisfação no trabalho
  • Saúde do trabalhador
 

 

 
Projeto 2 - Politicas Públicas, Gestão de Saúde e Qualidade de Vida - Clique aqui para conhecer um pouco mais sobre o projeto

    OBJETOS DE ESTUDO

  • Políticas voltadas ao desenvolvimento regional e sustentabilidade, incluindo a agenda 2030 nos problemas sociais prioritários (Saúde e bem-estar; Água potável e saneamento, Trabalho decente e crescimento econômico e Redução das desigualdades.
  • Gestão em saúde, pública e privada, considerando os aspectos de políticas públicas, financiamento e várias formas de cogestão em saúde.
  • Epidemiologia e Vigilância em saúde (A epidemiologia fornece as bases teóricas e metodológicas para a vigilância em saúde, que, por sua vez, coleta os dados necessários para a avaliação da situação de saúde e para a tomada de decisão em relação às ações de prevenção e controle de doenças).
  • Qualidade de vida nos campos individual (físico, psicológico e espiritual), contextual (físico, social e comunidade) e de metas (lazer e progresso pessoal).Qualidade de vida em saúde; Qualidade de vida urbana
  • Economia da saúde - Integrar as teorias econômicas, sociais, clínicas e epidemiológicas, com o objetivo de aperfeiçoar as ações de saúde.
  • Regionalização e Redes de Atenção à saúde (ações e serviços de saúde/ diferentes densidades tecnológicas/ sistemas de apoio técnico, logístico, financiamento e de gestão/ integralidade do cuidado).

 

LINHA 2 - PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Esta linha é dedicada ao estudo do planejamento e da gestão de recursos e a análise das cidades e suas relações com o meio ambiente e com os indivíduos. Trata do desenvolvimento de ferramentas para análise, planejamento e implementação de estratégicas que auxiliem os municípios em seus processos de tomada de decisão, maximizando as chances de sucesso dos projetos implementados e minimizando os riscos envolvidos.

Os estudos refletem a sintonia entre o caráter regional da proposta e o desenvolvimento de pesquisas e de projetos relacionados às tomadas de decisões e aos sistemas integrados de pessoas, às tecnologias aplicadas, aos materiais, aos recursos financeiros, aos equipamentos e aos ambientes inovativos.

As pesquisas contemplam os estudos das mudanças na qualificação da mão-de-obra decorrentes do processo de industrialização e da instalação de polos tecnológicos na região, fenômenos que caracterizam o mais recente ciclo econômico regional e global; e, por fim, a análise dos processos de ocupação territorial regional em seus diversos aspectos, como, tecnológicos, econômico, político, social e ambiental.

A configuração territorial se dá a partir de ações passíveis de sistematização em uma perspectiva histórico-analítica, implicando a consideração do reflexo de políticas públicas e de intervenções da iniciativa privada, bem como da sociedade civil organizada.

Esta linha de pesquisa abriga três projetos de pesquisa:

Projeto 1 - Entendendo a sustentabilidade urbana por meio da resiliência urbana, cidades inteligentes e sustentáveis e desenvolvimento equitativo -
Clique aqui para conhecer um pouco mais sobre o projeto

    OBJETOS DE ESTUDO

  • Sustentabilidade Urbana
  • Resiliência Urbana
  • Cidades Inteligentes
  • Cidades Sustentáveis
  • Desenvolvimento Urbano Sustentável
  • Desenvolvimento Equitativo
  • Mudança Climáticas
  • Consumo Inteligente e Sustentáve
  • Mobilidade Urbana Inteligente e Sustentável
  • Espaço Público Urbano
  • Representativa Feminina no Desenvolvimento Urbano Sustentável
  • Segurança Pública
  • Mapa de Desigualdade
  • Habitação Sustentável


Projeto 2 - Resíduo sólido urbano, saneamento básico, eficiência energética e gestão de cidades - Clique aqui para conhecer um pouco mais sobre o projeto

    OBJETOS DE ESTUDO

  • Ecoeficiência no Gerenciamento dos Resíduos Sólidos Urbanos
  • Saneamento Básico
  • Economia Circular
  • Recursos baseado na natureza
  • Eficiência Energética
  • Mudanças Climática
  • Planejamento Urbano Sustentável
  • Meio Ambiente Urbano e Rural
  • Questões Socioambientais
  • Gestão de Cidades


Projeto 3 - Tecnologia, inovação e serviços aplicados a produção na economia global - Clique aqui para conhecer um pouco mais sobre o projeto

    OBJETOS DE ESTUDO

  • Planejamento e Gestão de Recursos Produtivos
  • Inovação Organizacional
  • Inovação Tecnológica
  • Governança Corporativa e Pública
  • Compliance
  • Inteligência Artificial
  • Garimpagem, Tratamento e Análise de Dados
  • Sensoriamento Remoto
  • Arranjos Produtivos Locais e Regionais
  • Arranjos Tecnológicos Locais e Regionais
 

 

 

LINHA 3 - AVALIAÇÃO E POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Esta linha de pesquisa é dedicada aos campos passíveis de investigação pelas ciências sociais aplicadas, bem como a produção coletiva e interdisciplinar de conhecimentos, de metodologias e de tecnologias que ajudem a construir novas respostas às demandas vinculadas à sustentabilidade do Desenvolvimento Local e Regional.

A linha APDR fundamenta-se em três pressupostos básicos: não é possível pensar o desenvolvimento regional apenas por indicadores de crescimento econômico vinculados ao PIB, ao aumento de rendas pessoais, à industrialização, aos avanços tecnológicos ou a modernização das relações políticas e sociais; a aceleração das atividades econômicas nas últimas décadas em nível internacional e a consequente reconfiguração espacial privilegia algumas regiões em detrimento de outras, produzindo desigualdades e estimulando políticas compensatórias ineficientes; e a complexidade das políticas de Desenvolvimento Regional, associada às exigências por eficácia, aponta o processo de avaliação como um dos instrumentos indispensáveis à formulação e a execução de tais políticas.

Com base nesses pressupostos, a linha APDR interage e colabora com as linhas de pesquisa 1 e 2 do MGDR, estimulando investigações interdisciplinares que resultem em contribuições efetivas à melhoria dos processos de gestão pública e privada que influenciem direta ou indiretamente o desenvolvimento da região. Entende-se a avaliação como um instrumento de reflexão e de aprendizagem que deve se estruturar, independente da natureza do planejamento e da gestão, em pelo menos três momentos principais: na preparação e formulação das políticas de desenvolvimento regional definindo estratégias para análise dos requisitos fundamentais e condições de sucesso; durante o processo de implementação das políticas visando melhorar a própria gestão em seu processo avaliativo e reflexivo; e após a implementação com o objetivo de apoiar o balanço dos resultados e recursos utilizados.

A avaliação serve de base à construção de novos projetos e para reorientar intervenções já definidas, permitindo contribuir para o ajuste de objetivos e metas de curto, médio e longo prazo, bem como organiza a utilização dos recursos envolvidos e oferece uma leitura crítica da eficiência das políticas implementadas ou em processo de implementação, possibilitando, inclusive, uma visão mais acurada de seus impactos.

Esta linha de pesquisa abriga três projetos de pesquisa:

Projeto 1 - Imagem, comunicação e território: place branding como estratégia de fortalecimento de municípios e regiões - Clique aqui para conhecer um pouco mais sobre o projeto

     OBJETOS DE ESTUDO

  • Comunicação pública das instituições como vetor de desenvolvimento
  • Análise de imagem dos territórios e suas representações simbólicas
  • Planejamento de marketing territorial
  • Presença e dinâmicas das mídias nos territórios
 

Projeto 2 - Expansão urbana e Desenvolvimento Regional: Litoral Norte do Estado de São Paulo - Clique aqui para conhecer um pouco mais sobre o projeto

     OBJETOS DE ESTUDO

  • Crescimento econômico versus desenvolvimento econômico regional
  • Impacto dos grandes projetos de infraestrutura no Desenvolvimento Regional, como a duplicação da Rodovia dos Tamoios e a expansão portuária
  • Expansão urbana e o problema habitacional nos municípios do Litoral Norte do Estado de São Paulo
  • Crescimento populacional e as políticas de infraestrutura urbana
  • A gestão dos royalties de petróleo nos municípios
  • Meio ambiente, crescimento econômico e o Desenvolvimento Local/Regional
  • Turismo e Desenvolvimento Local/Regional
  • Capital social e redes de solidariedade no litoral norte paulista
  • O Patrimônio territorial e os efeitos da expansão urbana no litoral norte paulista
 

Projeto 3 - Instituições escolares, desenvolvimento e território - Clique aqui para conhecer um pouco mais sobre o projeto

     OBJETOS DE ESTUDO

  • Educação como vetor do desenvolvimento
  • Formação educacional e mercado de trabalho
  • Instituições de ensino superior e desenvolvimento regional
  • Escolas técnicas/escolas de tempo integral e desenvolvimento local
  • Habilidades e competências dos egressos
  • Políticas educacionais e desenvolvimento

 

 

 

Dissertação

As normas para a elaboração da dissertação e dos trabalhos acadêmicos estão disponíveis aqui. 

 

 

DISCIPLINAS

Disciplinas obrigatórias

  • MGDR-02 - Economia e Desenvolvimento Econômico

Carga horária: 45 horas (3 créditos)

Os professores explicam os fundamentos teóricos necessários à compreensão do fenômeno do desenvolvimento econômico e seus impactos sociais na região.

  • MGDR-18 - Elaboração da Dissertação de Mestrado

Carga horária: 195 horas (13 créditos)

Orientar o estudo e a elaboração do relatório de pesquisa conduzida pelos alunos do programa. A disciplina aborda tópicos de bibliografia, de coleta de dados, de redação definitiva e de apresentação para banca examinadora.

  • MGDR-03 - Desenvolvimento Regional e Sustentabilidade

Carga horária: 45 horas (3 créditos)

Debate os elementos conceituais e os indicadores relacionados ao desenvolvimento regional e à influência de ambos nas decisões e nas ações empresariais em prol do crescimento sustentável.

  • MGDR-04 - Metodologia da Pesquisa Científica

Carga horária: 45 horas (3 créditos)

A disciplina oferece suporte na elaboração dos trabalhos científicos do programa, com uma abordagem multivariada dos métodos de pesquisa e das técnicas de coleta de dados.

  • MGDR-17 - Seminário de Pesquisa I, II e III

Carga horária: 90 horas (6 créditos)

Os alunos apresentam seus projetos de pesquisas a uma banca examinadora. A disciplina contribui para a elaboração da dissertação do mestrado.

  • MGDR-01 - Teoria das Organizações Socioprodutivas

Carga horária: 45 horas (3 créditos)

Desenvolve a capacidade de análise crítica dos contextos das organizações e identifica o posicionamento dos empreendimentos socioprodutivos regionais. A disciplina mostra a história da evolução das escolas administrativas no decorrer das mudanças dos modelos organizacionais e da sociedade pré e pós-industrial.

 

Disciplinas optativas

  • MGDR-09 - Capital Financeiro e Desenvolvimento Local e Regional

Carga horária: 45 horas (3 créditos)

Discute o processo de formação do capital financeiro e sua influência no desenvolvimento das regiões. Durante as aulas, os pesquisadores estudam sobre o mercado financeiro nacional e internacional, o financiamento de projetos públicos e privados e o fortalecimento das pequenas e médias empresas. 

  • MGDR-14 - Cultura e Desenvolvimento Organizacional

Carga horária: 45 horas (3 créditos)

A disciplina expõe o histórico e a base conceitual da cultura e do desenvolvimento organizacional. Também serão abordadas as principais tipologias da cultura nacional e organizacional, além de se rever os modelos e as mudanças na organização de empresas.

  • MGDR-12 - Cultura Política e Desenvolvimento Regional

Carga horária: 45 horas (3 créditos)

Os aspectos da gestão política sobre o desenvolvimento regional norteiam as aulas. As definições conceituais das expressões culturais, a dinâmica política do Brasil e a internacionalização econômica são alguns dos objetos de estudo do curso.

  • MGDR-08 - Gerenciamento de Programas e Projetos Públicos e Privados

Carga horária: 45 horas (3 créditos)

Avalia os cenários, as ameaças e as oportunidades das organizações. A disciplina apresenta instrumentos e metodologias de elaboração e de acompanhamento de projetos em prol do crescimento das empresas.

  • MGDR-05 - Gestão e Comportamento Humano

Carga horária: 45 horas (3 créditos)

A disciplina expõe o percurso histórico das mudanças na organização da produção e do trabalho. As aulas apresentam as polêmicas teóricas e a diversidade dos estudos empíricos a respeito do lugar do trabalho na sociedade e a qualificação dos trabalhadores no mercado. Também discute os modelos de competência e as tendências atuais na gestão de carreiras.

  • MGDR-06 - Gestão e Desenvolvimento das Cadeiras Produtivas e Serviços

Carga horária: 45 horas (3 créditos)

Os alunos entram em contato com os modelos de gestão e de organização das cadeias produtivas e de serviços disponíveis na literatura e na prática organizacional. Os professores abordam alguns temas como avaliação do desempenho da produção, gerenciamento da distribuição e logística ambiental.

  • MGDR-07 - Gestão e Tecnologia da Informação

Carga horária: 45 horas (3 créditos)

Debate a contribuição dos modelos de gestão da tecnologia e da inovação, e suas repercussões no desenvolvimento das localidades e das regiões. A sociedade da informação, a Revolução Industrial e a macroeconomia da inovação são alguns dos temas abordados no curso.

  • MGDR-11 - Gestão Pública e o Desenvolvimento Urbano

Carga horária: 45 horas (3 créditos)

Com foco no debate sobre a urbanização, a disciplina mostra as dimensões inerentes ao desenvolvimento local e a construção do tecido social urbano ao longo do crescimento regional.

  • MGDR-15 - Metodologia do Ensino Superior

Carga horária: 45 horas (3 créditos)

Voltada para a docência em nível superior, a disciplina enfatiza os desafios das universidades, as finalidades e os objetivos do Ensino Superior, as estratégias didáticas, a construção do conhecimento e a educação no novo milênio.

  • MGDR-13 - Metodologias de Avaliação do Desenvolvimento Regional

Carga horária: 45 horas (3 créditos)

Com ênfase na diversidade metodológica do desenvolvimento regional, a disciplina aborda alguns temas, como ecologia humana, vulnerabilidade socioeconômica, manifestações sociais e análise da dinâmica econômica das localidades.

  • MGDR-10 - Planejamento Sustentado e a Pós-modernidade

Carga horária: 45 horas (3 créditos)

Essa disciplina analisa a experiência histórica da industrialização regional, produzindo conhecimento em áreas que ainda não foram devidamente estudadas seja no contexto estadual, nacional ou internacional.

  • MGDR-16 - Tópicos Especiais em Gestão e Desenvolvimento Regional

Carga horária: 45 horas (3 créditos)

A disciplina promove debates com temas do desenvolvimento regional, que apóiam as ações de gestão, entre eles, a tomada de decisões, os processos comportamentais e as técnicas de planejamento. O conteúdo é elaborado e apresentado pelo corpo docente do programa e por professores convidados de outras instituições de ensino ou empresas.

Infraestrutura

O mestrado em Gestão e Desenvolvimento Regional conta com salas de estudo e de orientação. 

 

Link para Normas para elaboração e apresentação de monografias de conclusão de cursos de especialização: Clique aqui

Corpo Docente

ADRIANA LEÔNIDAS DE OLIVEIRA
Titulação: Doutor com pós-doutorado
Área de Atuação: Gestão de recursos humanos e saúde: Cultura Organizacional, Qualidade de Vida no Trabalho, Saúde do trabalhador
Linha de pesquisa: GESTÃO DE RECURSOS SOCIOPRODUTIVOS
Currículo Lattes

ANDREIA FOGAÇA RODRIGUES MARICATO
Titulação: Doutor
Área de Atuação: Legislação jurídica aplicada a gestão pública e ao desenvolvimento regional.
Linha de pesquisa: PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL
Currículo Lattes

ANTONIO RICARDO MENDROT
Titulação: Doutor
Área de Atuação: Gestão de pessoas, Gestão em saúde; Qualidade de Vida e sono, Satisfação no Trabalho; Saúde do trabalhador, Liderança.
Linha de pesquisa: PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL
Currículo Lattes

EDSON APARECIDA DE ARAUJO QUERIDO OLIVEIRA
Titulação: Doutor com pós-doutorado
Área de Atuação: Inovação e Cidades Inteligentes e as Políticas de Desenvolvimento Regional
Linha de pesquisa: PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL
Currículo Lattes

EDSON TRAJANO VIEIRA
Titulação: Doutor
Área de Atuação: Industrialização e Desenvolvimento Regional; Economia Criativa e Gestão Solidária para o Desenvolvimento Regional
Linha de pesquisa: AVALIAÇÃO E POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL
Currículo Lattes

EDUARDO HIDENORI ENARI
Titulação: Doutor
Área de Atuação: Empreendedorismo e Inovação Tecnológica; Modelagem de Indicadores de Desenvolvimento Local e Regional impulsionado pela Inovação Tecnológica
Linha de pesquisa: PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL
Currículo Lattes

LOURIVAL DA CRUZ GALVÃO JÚNIOR
Titulação: Doutor com pós-doutorado
Área de Atuação: Interfaces entre Desenvolvimento Regional com Comunicação, Educação ou Cultura
Linha de pesquisa: AVALIAÇÃO E POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL
Currículo Lattes

LUIZ ANTONIO PERRONE FERREIRA DE BRITO
Titulação: Doutor
Área de Atuação: Planejamento Urbano, Mapa Ruído, Sustentabilidade e Desenvolvimento Regional
Linha de pesquisa: PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL
Currículo Lattes

MARCELA BARBOSA DE MORAES
Titulação: Doutor com pós-doutorado
Área de Atuação: Empreendedorismo. Inovação em Pequenas e Médias Empresas. Gestão Estratégica. Gestão de Cidades.
Linha de pesquisa: PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL
Currículo Lattes

MÁRCIA REGINA DE OLIVEIRA
Titulação: Doutor
Linha de pesquisa: GESTÃO DE RECURSOS SOCIOPRODUTIVOS
Currículo Lattes

MOACIR JOSÉ DOS SANTOS
Titulação: Doutor com pós-doutorado
Área de Atuação: Políticas Públicas e Gestão do Desenvolvimento Regional, Turismo e Desenvolvimento Regional.
Linha de pesquisa: AVALIAÇÃO E POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL
Currículo Lattes

MONICA FRANCHI CARNIELLO
Titulação: Doutor com pós-doutorado
Área de Atuação: Comunicação para o desenvolvimento regional. Imagem e marketing de cidades. Análise do patrimônio territorial para o desenvolvimento.
Linha de pesquisa: AVALIAÇÃO E POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL
Currículo Lattes

QUÉSIA POSTIGO KAMIMURA
Titulação: Doutor com pós-doutorado
Área de Atuação: Economia. Saúde no âmbito público e privado;
Linha de pesquisa: GESTÃO DE RECURSOS SOCIOPRODUTIVOS
Currículo Lattes

SILVIO LUIZ DA COSTA
Titulação: Doutor
Área de Atuação: Temáticas relacionadas a Educação e Desenvolvimento - Formações de competências e desenvolvimento regional; Impacto das Instituições educacionais na região.
Linha de pesquisa: AVALIAÇÃO E POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL
Currículo Lattes

TERESA CELIA DE MATTOS MORAES DOS SANTOS
Titulação: Doutor
Área de Atuação: Gestão de pessoas, Gestão em saúde; Qualidade de Vida e sono, Satisfação no Trabalho; Saúde do trabalhador, Liderança.
Linha de pesquisa: GESTÃO DE RECURSOS SOCIOPRODUTIVOS
Currículo Lattes

VIVIANE FUSHIMI VELLOSO
Titulação: Doutor
Área de Atuação: Comunicação nas Organizações, Tecnologia da Informação e Comunicação nas Empresas, Comunicação Administrativa, Comunicação Interna e Marketing
Linha de pesquisa: AVALIAÇÃO E POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL
Currículo Lattes

Bancas

Confira no calendário as Bancas agendadas.

Março 2024
DOM
SEG
TER
QUA
QUI
SEX
SÁB
 
 
 
 
 
2
3
5
6
7
8
9
10
11
14
15
16
17
20
21
23
24
26
27
28
29
30
31