Aluno UNITAU, anote técnicas para um bom desempenho nas provas

29/04/2021

Provas, Psicologia, Dicas, Atividade Física, Alimentação, Aluno

Você, estudante, já se sentiu perdido nos estudos durante a pandemia, e não sabia por onde começar? Se a resposta for sim, saiba que você não está sozinho. Sabemos o quanto a realidade atual interfere no desenvolvimento acadêmico e, por isso, selecionamos algumas dicas de alguns professores da UNITAU para você. 

Para a psicóloga Profa. Dra. Fabiane Fogaça, o preparo psicológico faz toda a diferença. “É interessante vir se preparando alguns dias antes, estudando em um ambiente mais organizado, tendo bons hábitos de estudo e prevenir a procrastinação”, pontua. A psicóloga ainda comenta que essa atitude desperta uma disciplina, que gera um bom desempenho estudantil. Técnicas de respiração também são bem-vindas, de acordo com a professora. “Associar o ato de inspirar e expirar uma palavra ou ação permite que a pessoa se engaje na técnica e consiga realizá-la por mais tempo”, comenta. 

A alimentação também faz toda a diferença nos estudos. A nutricionista Profa. Dra. Fabíola Nejar pontua que o momento que antecede as provas não deve ser de experimentação de novas comidas. “Essa não é a hora de experimentar um novo alimento, é preciso se manter no seu cardápio habitual para que nada desregule sua flora intestinal”, diz. A nutricionista ainda reforça a importância de se manter hidratado, pois isso ajuda no equilíbrio interno. Ela também comenta que o consumo de cafeína, maçã, cenoura e comidas enraizadas (com mais fibra), que exigem uma boa mastigação, auxiliam no aumento da concentração. Todas essas dicas permitem que o sistema nervoso aja com eficácia, gerando um bom desempenho na hora dos estudos ou na hora de um exame.

Manter o foco nos estudos se faz necessário, mas também é importante ter o momento de descanso e de atividades físicas, pois isso pode ser crucial para uma boa rotina. Os professores do curso de Educação Física da UNITAU, Prof. Me. Edésio da Silva Santos e o Prof. Esp. Luiz Antonio Cembraneli, afirmam que a atividade física ajuda a transformar o “estado de equilíbrio instável” do organismo. Essas alterações fazem com que nosso corpo se adapte melhor no sistema circulatório e neurológico, o que auxilia no processo de concentração. Eles também aconselham a prática de exercícios aeróbicos e localizados antes do estudo, para a melhora das funções cognitivas, e,  posteriormente, alongamentos, para promover o relaxamento.

Anote essas dicas e tenha um ótimo desempenho nas provas que já estão chegando! 

O ensino nos une, não importa a distância. 

 

Alice Monte Sião

ACOM/UNITAU