Associação Artística
e Literária de Taubaté

Construído para sediar a Academia Artística Literária de Taubaté. Fundada por Clodomiro Amazonas Monteiro, Gastão Aldano Câmara Leal e Euzébio da Câmara Leal. Desde 1895, a Associação Artística e Literária, com prédio próprio, vem tentando manter um Liceu de Artes e Ofícios e cursos de nível secundário para português, francês e desenho.

Liceu de Artes e Ofícios

Em 1900, foi criado o “Lyceu de Artes e Ofícios”, mantido pela Associação Artística e Literária, até 1927, quando a Associação foi extinta, e o prédio foi doado à prefeitura, com a condição de ser utilizado para sediar instituições de ensino.

Obras para ampliação do prédio

Na primeira década do século XX, o salão da Associação Artística Literária era o maior da cidade, com 18m de comprimento, 10m de largura e 5m de altura, e acolhia diversos eventos culturais.

Gabinete de Leitura Aureliano Coutinho

Em 1º de março de 1911, na nova ala da Associação, construída nos fundos do edifício, passou a funcionar o Gabinete de Leitura Aureliano Coutinho.

Ginásio Estadual
de Taubaté

Instalação do Ginásio Estadual de Taubaté, coordenado pelo prof. Olavo de Paula e Silva. Foi o primeiro colégio estadual de ensino secundário da cidade. A primeira turma formou-se em 1936. Nesse mesmo ano, o Ginásio do Estado passou a ser sediado no prédio, até 1957, na época mudou-se para a Rua Professor Clóvis Winther, no Jardim Maria Augusta, com prédio próprio e passou a ser denominado como Colégio Estadual Monteiro Lobato.

FAFI – Faculdade de Filosofia, de Pedagogia, de Letras anglo-latinas e neogermânicas e de História

O funcionamento da Faculdade de Filosofia foi autorizado pelo presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira, em 7 de maio de 1957, pelo Decreto nº 41.462. Em 20 de setembro de 1956, de autoria do vereador Fábio Moura, foi sancionada e promulgada a Lei nº. 213, que criou a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Taubaté, a primeira instituição de ensino superior da cidade, reconhecida pelo Decreto nº. 51.007, de 16 de maio de 1963, com os cursos de Pedagogia (que se transfere para a antiga Escola de Comércio em 2004), de Letras anglo-latinas e neogermânicas e de História. Por esse motivo, o dia 20 de setembro foi instituído como O dia do Ensino Superior de Taubaté, na gestão do Reitor Sebastião Monteiro Bonato, no início da década de 1980.
Atualmente, a data não é mais comemorada. Ainda homenageando a data, o Centro Acadêmico do Departamento de Ciências Socais e Letras recebeu o nome de CA 20 de Setembro, em 1982.

Cursos de História, Letras e Pedagogia

A Faculdade de Ciências e Letras foi constituída a autarquia municipal pela lei 655, de 9 de outubro de 1962, pelo Prefeito José Ribeiro da Cunha; no final do ano, foi realizada a formatura dos três cursos - História, Pedagogia e Letras, com a presença do Deputado Federal Ulisses Guimarães.

Curso de Matemática e Física

Teve sua origem na Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Taubaté, em agosto de 1967, e a primeira turma graduou-se em 1970. Foi reconhecido pelo Decreto Federal nº 69.509, de 8 de novembro de 1971. Em 1976, foi integrado à Universidade de Taubaté.

Curso de Geografia



Tombamento

Processo do tombamento nº 19773/2016.

Volta do Curso de Pedagogia