Núcleo Rondon Regional embarca 11 de julho para Lagoinha - Foto: Leonardo Oliveira - ACOM/UNITAU

UNITAU realiza primeira edição do RONDON Regional na cidade de Lagoinha em comemoração aos 50 anos da Universidade

Link curto: https://unitau.me/3VWok7R

10/07/2024 08h53

Projeto Rondon, PREX, Comunidade, Extensão, Rondon Regional

 

A atuação de alunos e professores da Universidade de Taubaté (UNITAU), há décadas, tem feito a diferença na vida de comunidades de diferentes regiões do país que recebem anualmente o projeto Rondon, do Ministério da Defesa. Agora, em 2024, quando a UNITAU completa 50 anos, toda a experiência adquirida pela Universidade nesse projeto será utilizada para a realização da primeira edição do Rondon Regional, que acontece entre 11 e 18 de julho na cidade de Lagoinha.

Ao longo de uma semana, 20 alunos, 15 da graduação e 5 da pós-graduação, desenvolverão atividades gratuitas com a população, em diferentes áreas, como saúde, educação, trabalho e renda e gestão pública. A programação foi pensada para atender públicos de diferentes faixas etárias. 

“A maior importância do Rondon Regional é levar o aluno para além da sala de aula e colocá-lo em contato com a realidade local. A intenção é fazer a diferença ao nosso redor, como fazemos no Norte e Nordeste do Brasil. A comunidade também faz, a partir dessa troca de experiências com os nossos alunos e professores”, comenta a Profa. Dra. Amanda Paiva, coordenadora do Projeto Rondon na UNITAU.

No grupo que integra a equipe do Rondon Regional, além de dois professores da Universidade de Taubaté e de mestrandos dos cursos de pós-graduação, há universitários dos cursos de Fisioterapia, Psicologia, Medicina, Enfermagem, Biomedicina, Direito, Ciências Econômicas, Jornalismo, História e Letras.

Na área da saúde, serão realizadas atividades sobre cuidado com idosos, combate ao suicídio, saúde mental e infecções sexualmente transmissíeis, por exempo. Em educação, alguns dos temas abordados são evasão escolar, educação financeira, fake news e educação inclusiva. Já na área de trabalho e renda, estão previstas oficinas sobre como montar currículo, como usar mídias sociais para trabalho e empreendedorismo. O foco desta última é capacitar pequenos produtores locais que trabalham com requeijão de prato, artesanato e outras atividades ligadas ao turismo local. 

Alunos da UNITAU participam de operações do Rondon em Rondônia e Pernambuco

O Projeto Rondon visa contribuir com o desenvolvimento da cidadania dos universitários, empregando soluções sustentáveis para a inclusão social e a redução de desigualdades regionais, em alinhamento com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Agenda 2030 da ONU.

Neste ano, a UNITAU participa de duas operações nacionais do Rondon, a Sentinelas Avançadas 2, que teve início nesta terça, 9 de julho, em Rondônia, em Machadinho d' Oeste; e Velho Chico, que iniciou em 4 de julho, no estado de Pernambuco, em Afrânio.

Nas duas cidades, os universitários promovem oficinas e práticas em diferentes áreas do conhecimento e abordam temas como cultura, direitos humanos, justiça, educação, saúde, comunicação, tecnologia, produção, meio ambiente e trabalho.

ACOM/UNITAU