Inscrições devem ser feitas na plataforma Even3

Ligas Acadêmicas da UNITAU promovem ciclo de palestras sobre câncer de próstata

24/11/2022

UNITAU, Graduação, Novembro Azul, Ciclo de palestras, Campus Caraguá, Medicina, Liga de Urologia

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre homens, aponta o Instituto Nacional de Câncer (INCA). De acordo com o levantamento, são 65.840 novos casos de câncer de próstata a cada ano.

No estágio primário, o câncer de próstata tem caráter assintomático. A maioria cresce de forma tão lenta que não chega a dar sinais durante a vida e nem ameaçar a saúde do homem. Por ter uma evolução silenciosa, são necessárias medidas como a conscientização e o exame para a detecção precoce da doença.

Em alinhamento ao Novembro Azul, no dia 25 de novembro, às 14h, as Ligas Acadêmicas de Urologia e de Humanidades do curso de Medicina do Campus Caraguá da Universidade de Taubaté (UNITAU) promove um ciclo de palestras sobre generalidades em câncer de próstata. O evento, sediado no campus, contará com quatro palestrantes, sendo eles das áreas de Medicina, de Biomedicina e de Psicologia.

O ciclo trata de um tema central, mas apresenta um aspecto multidisciplinar. “Como são generalidades, vamos abordar, em um primeiro momento, como surgem tumores, uma boa parte do setor de oncologia, além da urologia. Ao mesmo tempo, temos a parte da psiquiatria e da psicologia, envolvida com a situação dos pacientes que têm câncer de próstata, que tiveram a próstata removida e que estão passando por um processo de perda das funções sexuais. Com tudo isso, entramos em uma parte multidisciplinar da medicina que acaba ajudando na formação do aluno”, explica Matheus Serrat, membro da organização do evento e aluno do 1º semestre de Medicina do Campus Caraguá.

Com foco na conscientização e na complementação curricular, o objetivo do evento é trazer para a comunidade acadêmica um enfoque mais prático. “É importante que o aluno tenha o contato com o mercado de trabalho, entender como é que funciona o câncer de próstata”, acrescenta Matheus.

Além de contribuir para a formação, o evento visa à colaboração com a comunidade. Segundo Matheus, “para a população, a ideia é reverter em mais qualidade de vida, ou seja, ela saber quais são os sinais, quais são as principais complicações, por que é importante fazer um exame de toque, informações que serão abordadas durante a palestra que vão ajudar tanto na formação do médico quanto da população na questão de saúde”.

O evento será presencial, mas com transmissão ao vivo na plataforma Zoom. Para se inscrever, clique aqui.

Caio Pascoal

ACOM/UNITAU