Ranking mundial qualifica professores da UNITAU

14/09/2022

Professor, UNITAU, Pesquisador, Pesquisa Científica, CICTED

Professores da Universidade de Taubaté (UNITAU) estão relacionados em um ranking que apresenta os pesquisadores mais influentes do mundo. O AD Scientific Index 2022 traz informações a respeito de mais de 1 milhão de cientistas distribuídos em 19.150 universidades ao redor do planeta. A lista da UNITAU conta com 21 nomes de destaque, dos quais a grande maioria permanece em atividade e integra os programas de pós-graduação oferecidos pela Instituição.

Os perfis de atuação dos cientistas abrangem as três áreas do conhecimento, com 15 representantes em Biociências, 5 em Humanas e 1 em Exatas. O AD Scientific Index também coloca a UNITAU entre as 4.000 universidades mais influentes no mundo.

“Indicadores como esses servem para comprovar a qualidade do nosso corpo docente, o que se reflete na qualidade dos nossos cursos e no aprendizado de nossos alunos. A UNITAU produz pesquisas, produz conhecimento e, com isso, desempenha um importante papel para promover a transformação social e melhorar a vida das pessoas”, afirma a Reitora da Universidade, Profa. Dra. Nara Lucia Perondi Fortes.

O AD Scientific Index usa como base os indicadores do Google Acadêmico (Google Scholar) – plataforma especializada em buscas relacionadas à literatura acadêmica. O ranking é estabelecido por meio de uma combinação de critérios como o h-index e o i10, que contabilizam e avaliam o número de citações recebidas, mundialmente, em relação aos artigos publicados pelos pesquisadores.

“A classificação dos professores da UNITAU  pelo AD Scientific demonstra que a Instituição está inserida internacionalmente no âmbito da produção científica, que é partícipe do debate e das pautas científicas da atualidade”, reforça a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Profa. Dra. Monica Franchi Carniello.

No topo da lista da UNITAU, está o Prof. Dr. Gilberto Fish. O meteorologista é especialista em Ciências Atmosféricas e Mudanças Climáticas, integrante do corpo docente dos programas de Pós-Graduação em Ciências da Saúde e em Ciências Ambientais. Estão relacionadas no ranking 89 publicações e as pesquisas desenvolvidas pelo professor Fisch renderam 6.063 citações e o colocam entre os 105 mil cientistas mais influentes do mundo. Entre as atividades mais recentes, por exemplo, está uma pesquisa internacional sobre alterações climáticas na Amazônia com a análise das simulações de cenários futuros e os potenciais impactos para o Vale do Paraíba.

A segunda posição é ocupada pela Profa. Dra. Sheila Cavalca Cortelli, profissional que também integra o corpo docente da Pós-Graduação em Ciências da Saúde e produz pesquisas relacionadas à periodontia. Entre os trabalhos desenvolvidos por ela está um levantamento que buscou relacionar impactos negativos do diabetes e da obesidade no tratamento de doenças na gengiva. Estão no levantamento 95 publicações e 4.228 citações relacionadas à pesquisadora.

A UNITAU reúne grupos de pesquisa certificados junto ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), com direito ao recebimento de recursos por agências de fomento.

A difusão do conhecimento produzido pela Universidade ocorre de forma regular desde 1996, com a primeira edição do Encontro de iniciação científica (Enic). A partir daquele momento, a iniciação científica tomou corpo na Universidade e novos encontros foram incorporados com o passar dos anos, como a Mostra de Pós-Graduação (MPG), o Seminário de Administração (SEA), o Seminário de Docência Universitária (Seduni) e o Seminário de Extensão (Semex). A partir de 2012, houve a unificação da agenda, com a primeira edição do Congresso Internacional de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento (Cicted). Entre os dias 19 e 21 de outubro próximo, a UNITAU promove o XI Cicted, com direito a atividades presenciais após dois anos de programação remota. Mais informações sobre o congresso e sua programação estão aqui.

Confira, abaixo, os indicadores do AD Scientific Index 2022 e a relação dos 21 professores classificados.

Universidades pesquisadas – 19.150

Países - 216

Pesquisadores no mundo - 1.066.174

 

UNITAU

Classificação mundial – 3.988

Classificação na América Latina - 267

Classificação no Brasil – 117

 

PROFESSORES

1 - Gilberto Fisch (Departamento de Ciências Agrárias)

2 - Sheila Cavalca Cortelli (Pós-Graduação em Ciências da Saúde)

3 - Getulio T. Batista (Departamento de Ciências Agrárias / aposentado)

4 - Valter José Cobo (Instituto Básico de Biociências)

5 - Itamar A. Martins (Instituto Básico de Biociências)

6 - Evandro Luís Nohara (JUTA/ Engenharia Mecânica)

7 - Edson Aparecida De Araujo Querido Oliveira (Departamento de Gestão e Negócios)

8 - Rayssa Ferreira Zanatta (Atuou na Pós-Graduação em Ciências da Saúde até 2021)

9 - Marcelo S. Targa (Departamento de Ciências Agrárias)

10 - Simey Fisch (Instituto Básico de Biociências/ aposentada)

11 - Andre Luiz Da Silva (Instituto Básico de Humanidades)

12 – Marcela Barbosa de Moraes (Departamento de Gestão e Negócios)

13 - Cecilia Suda (Departamento de Medicina)

14 – Ana Aparecida Almeida (Departamento de Ciências Agrárias)

15 - Moacir José dos Santos (Instituto Básico de Humanidades)

16 - Maria Cecília Barbosa de Toledo (Instituto Básico de Biociências)

17 - Wendry Maria Paixão Pereira (Departamento de Fisioterapia)

18 - Paulo Fortes (Departamento de Ciências Agrárias)

19 – Rachel Abdala (Instituto Básico de Humanidades)

20 - Naira Correia Cusma-Pelógia (Departamento de Enfermagem e Nutrição)

21 - Teresa Celia M. M. Santos (Departamento de Enfermagem e Nutrição)

 

ACOM/UNITAU