Museu Didático do Corpo Humano recebe visitas escolares e treinamento do CAvEx na reabertura

16/05/2022

CAVEX, Saúde, Visita escolar, Biociências, Museu Didático do Corpo Humano, Bom Conselho

O Museu Didático do Corpo Humano da Universidade de Taubaté (UNITAU) voltou a receber visitantes em maio. Localizado no campus Bom Conselho, o acervo faz parte da rotina dos cursos de Biociências e abre as portas para visitas escolares e até treinamentos de saúde.

O projeto surgiu em 2011, com a ideia de desenvolver um espaço que proporcionasse uma experiência prática para estudantes aprenderem sobre o corpo humano. O museu, então, tomou forma e ganhou um acervo rico em peças da anatomia humana, conservadas e produzidas, que explicam os sistemas do corpo e mostram como o organismo funciona por dentro.

Entre cadáveres, órgãos, ossos e músculos, a diversidade da exposição é o que propicia o aprendizado além da teoria para estudantes da UNITAU e de escolas da região, como explica o Prof. Dr. Rafael de Paula Rodrigues, responsável pelo espaço. “O museu recebe o nome ‘didático’ porque serve não só para os visitantes externos à Instituição, mas também para os próprios alunos da graduação, que podem estudar as peças expostas e manuseá-las”, indica o docente.

O acervo do museu conta com “quebra-cabeças” do corpo humano, que permitem que os estudantes visualizem o interior do organismo e as partes de cada sistema. A Giulia Tuan, aluna do 7º semestre de Biologia, é bolsista do museu e, entre uma visita e outra, aproveita para estudar as peças e reconhecer nelas o que aprende nas aulas. “As peças são muito legais porque são desmontáveis, dá para ver onde fica cada órgão. É muito mais fácil de entender do que no livro”, comenta.

As visitas são guiadas pelos bolsistas do museu ou pelo Prof. Rafael. A explicação começa pelos sistemas do corpo humano, com abordagens anatômica, histológica e do desenvolvimento, e segue com as montagens do esqueleto, para que os visitantes nomeiem os ossos, e dos modelos anatômicos, para que aprendam a localização dos principais órgãos das cavidades torácica, abdominal e pélvica.

Já no primeiro mês de reabertura do museu, as estudantes do ensino médio da escola estadual Amador Bueno da Veiga foram conhecer o espaço. Para Leticia Gengo Jungles do Carmo, do 3° ano, a visita colaborou com a escolha profissional dela. “Sou grata pela oportunidade que esse lugar me proporcionou, porque ele tem inúmeras informações e, no meu futuro, quero seguir essa área”, comenta.

O mesmo aconteceu com a Bárbara Gabriela dos Santos Venceslau, aluna do 1° semestre do curso de Estética. “Antes de entrar na UNITAU, eu visitei o museu com a minha escola. Vir nesse laboratório, ter uma vivência de como realmente é a área da saúde me fez escolher a área em que eu estou hoje em dia”, relembra a estudante.

A experiência é completa e didática para as escolas, mas também pode ser aproveitada por instituições como o Comando de Aviação do Exército (CAvEx). Também na reabertura, o Prof. Rafael recebeu uma equipe de militares para um treinamento de resgate, em complemento ao curso SAR (Search and Rescue – busca e salvamento em inglês). “Eu estou me sentindo bem mais confiante em aplicar o que foi aprendido em sala de aula na prática e acredito que meus colegas também se sintam da mesma forma”, afirma o Primeiro-Tenente Matheus Cardoso, participante da aula.

Para agendar uma atividade no Museu Didático do Corpo Humano, é preciso entrar em contato com a coordenação de marketing da UNITAU pelo telefone (12) 3633-8009 ou pelo e-mail .

Ana Julia Moreira dos Santos & Isabela Vieira

ACOM/UNITAU