Clínicas da UNITAU superam 23 mil atendimentos em 2021

23/03/2022

Aluno, Extensão, PREX, Comunidade, Atendimento, Qualidade de vida, Saúde, UNITAU

A Universidade de Taubaté (UNITAU) garantiu, em 2021, a retomada gradativa das práticas extensionistas com mais de 23 mil atendimentos proporcionados à população pelas cinco clínicas de saúde e pelo Escritório de Assistência Jurídica (EAJ). No comparativo com o ano de 2020, período mais crítico da pandemia do coronavírus, o aumento nos atendimentos chegou a 51,73%.

Em números absolutos, o relatório disponibilizado pela Pró-Reitoria de Extensão (PREX) da UNITAU indica que a Clínica do Departamento de Fisioterapia foi a responsável pela maior quantidade de atendimentos no ano passado. Foram registrados 8.834 atendimentos em 2021.

“Nós voltamos a atender em agosto de 2020, com EPIs, distanciamento, seguindo todos os protocolos. A gente achava que era importante, apesar dos riscos envolvidos, e tivemos apoio da grande maioria de nossos alunos. A fisioterapia acabou se destacando muito no paciente com covid, a fisioterapia respiratória, pacientes que ficaram com sequelas neurológicas, foi um desafio. O fisioterapeuta atuando desde a UTI até o pós-covid”, afirma o coordenador da clínica, Prof. Dr. Rodrigo Silva e Santos.

 O coordenador avalia que as condições atuais devem permitir uma retomada plena dos atendimentos nos padrões da pré-pandemia.  “A nossa média antes da pandemia era entre 10 mil e 12 mil atendimentos.  Em 2021, a gente ainda tinha restrições do número de pessoas nos setores. Acho que neste ano a gente chega, deveremos atingir a média.”

Em outro exemplo, o Centro de Psicologia Aplicada (Cepa) da UNITAU chegou a quase 5.000 atendimentos no ano passado. Isso representa dizer que mais de 1.000 pacientes foram beneficiados com os atendimentos.

 “Antes da pandemia, os estagiários atendiam três clientes por semestre. Em 2020, eles atenderam dois ou somente um cliente, cada um com direito entre 10 e 12 sessões. Começamos 2021 dessa forma e, no segundo semestre, fomos aumentando gradativamente porque todos os estagiários estavam vacinados e implantamos o plantão psicológico no Cepa.  Esperamos voltar ao atendimento de três clientes por estagiário em 2022”, destaca a Profa. Dra. Débora Inácia Ribeiro, que coordenou o centro no ano passado.

Na clínica de Odontologia, o registro em 2021 foi de 7.252 atendimentos. A média anterior era de 8.400 atendimentos anuais. “Estou muito feliz com essa recuperação. Foram anos atípicos. Em 2020, fomos recomeçar os atendimentos somente em agosto e seguimos até dezembro. Vamos retomar e chegar aos números que fazíamos antes da pandemia”, reforça a coordenadora, Profa. Dra. Ana Paula Lima Guidi Damasceno.

Para a Pró-Reitora de Extensão, Profa. Dra. Letícia Maria Pinto da Costa, os números demonstram o compromisso da Universidade com o bem-estar da comunidade sem se esquecer da segurança dos alunos.

“A Universidade de Taubaté manteve sua tradição extensionista no período mais crítico da pandemia do coronavírus. Tomamos todos os cuidados para preservar nossos alunos, que também entenderam a importância de se fazerem presentes junto à comunidade. Aos poucos, pudemos retomar gradativamente nossas práticas e temos a expectativa de que, neste ano, poderemos atingir a quantidade de atendimentos dos anos pré-pandemia”.

Para saber mais sobre os projetos de extensão desenvolvidos na UNITAU e os serviços oferecidos, clique aqui.

ACOM/UNITAU