Pós-graduação da UNITAU retoma ano letivo com aulas inaugurais

11/03/2022

Mestrado, Aula inaugural, Aluno, UNITAU, Pós-graduação

Os cursos de pós-graduação da Universidade de Taubaté (UNITAU) retomam as atividades em março, com três aulas inaugurais já confirmadas para os dias 11 e 15.

As aulas acontecem de forma remota e híbrida. No dia 11, às 14h, o Mestrado em Linguística Aplicada aborda o tema “Afinal o que é Linguística Aplicada?”. A aula inaugural será transmitida pelo canal TV UNITAU no YouTube e contará com a participação de três professores palestrantes e a mediação da coordenadora do mestrado, Profa. Dra. Eliana Viana Brito Kozma, e da coordenadora adjunta, Profa. Dra. Vânia de Moraes.

Também no dia 11, o Mestrado Profissional em Educação debate o tema “Sabores e dissabores das relações interpessoais nos processos formativos: articular, formar, transformar” na palestra ministrada pela Profa. Dra. Laurinda Ramalho de Almeida. A transmissão será pelo Zoom às 19h.

Já no dia 15, às 19h, acontece a aula do Mestrado em Desenvolvimento Humano. A palestra trará a discussão “Do lógos humano: das divisões das áreas do conhecimento”, e conta com a presença do Prof. Dr. Rubens Russomanno Ricciardi da USP-Ribeirão Preto. Ela será híbrida, acontecendo de forma presencial no auditório UNITAU DIGITAL e com transmissão simultânea pelo Zoom.

A pró-reitora de Pesquisa e Pós-graduação (PRPPG), Profa. Dra. Sheila Calvaca Cortelli, reforça que neste ano letivo contará com novos cursos e oportunidades de atualização dos professores.

“Neste início de ano, vamos ter muitas coisas novas, muito conhecimento sendo produzido e divulgado dentro da Universidade. Para aqueles que estão entrando, existem oportunidades nas mais diferentes áreas. Também trabalhamos fortemente com a formação de professores. Com as mudanças no ensino médio em 2022, os professores precisam de uma reciclagem, de um preparo adequado para a sala de aula.”

A pró-reitora também destaca, no início deste ano letivo, a retomada dos encontros presenciais, que proporcionam a troca de saberes, de experiências e de vivências ocorridas durante esse período da pandemia. “As pessoas terão aqui essa oportunidade de se apoiarem para superarem todas essas dificuldades e estarem cada vez melhor profissionalmente”, finaliza.      

Ariane Galhardo

ACOM/UNITAU