UNITAU planeja ciclo de investimentos, inovações pedagógicas e tecnológicas em 2022

06/12/2021

Aniversário, Institucional, Comunidade, campus integrado, UNITAU, Aluno, Professor, Funcionário, Futuro

A Universidade de Taubaté (UNITAU) comemora 47 anos de existência neste dia 6 de dezembro com um novo ciclo de investimentos em infraestrutura, inovações pedagógicas e tecnológicas a partir de 2022. Esse planejamento está alinhado com o conceito da Universidade do Futuro.

A programação estratégica para dar suporte a essa nova etapa foi viabilizada em 2021. Somente neste ano, os investimentos da Universidade em infraestrutura e tecnologia da informação superaram R$ 4,86 milhões. A atualização de equipamentos, como computadores e notebooks, por exemplo, correspondeu a R$ 1,42 milhão.

Em uma ação coordenada, a Pró-Reitoria de Administração, a Pró-Reitoria de Graduação e a Pró-Reitoria Estudantil trabalham para que as atividades teóricas presenciais possam ser retomadas plenamente a partir de fevereiro de 2022, em conformidade com os protocolos de biossegurança vigentes no período.

Em outra frente de atuação, a UNITAU inicia, no ano que vem, a implantação do campus integrado do Bom Conselho. Isso será possível graças à venda de três imóveis, avaliados em R$ 27,9 milhões. Os projetos de venda foram aprovados pela Câmara de Taubaté em sessões realizadas no dia 30 de novembro e seguem para a sanção da prefeitura.

 “Contamos com a compreensão dos vereadores, que entenderam a importância do campus integrado. Com o apoio da Câmara e da Prefeitura, poderemos avançar com esse importante projeto. Teremos uma estrutura moderna, com salas de aula e laboratórios para nossos alunos”, afirma a Reitora da UNITAU, Profa. Dra. Nara Lucia Perondi Fortes.

Todas essas melhorias estruturais e tecnológicas receberão, a partir do próximo ano, o reforço da inovação pedagógica. A reformulação será aplicada nos primeiros anos dos cursos de Administração, Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Relações Públicas em 2022. Esta é a primeira fase de uma série de mudanças que devem ocorrer gradativamente nos demais cursos de graduação oferecidos pela UNITAU.

A inovação pedagógica deve priorizar o emprego de novas tecnologias, mudanças comportamentais e gestão da aprendizagem. Entre as alterações, por exemplo, está a redução das aulas expositivas, com mais atividades práticas. Candidatos aos cursos tiveram, na última semana, um aulão para a apresentação das principais mudanças.

Além dos cursos presenciais, o ambiente virtual da educação a distância (EAD) da UNITAU também contará, no ano que vem, com a modernização do sistema de produção de conteúdo pedagógico em uma parceria firmada com o Grupo A Educação. O gerenciamento dos conteúdos produzidos para a EAD continuará sob a responsabilidade dos professores da UNITAU. Como benefícios diretos desse novo formato está o acesso a ferramentas tecnológicas educacionais exclusivas, que permitirão uma experiência de aprendizagem completa.

Ao lado do ensino, a pesquisa e a extensão seguem como vetores de difusão do conhecimento e do fortalecimento dos laços da Universidade com a comunidade.

 Em 2022, o Programa de iniciação científica da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG) da UNITAU vai contar com 20 projetos contemplados com bolsas concedidas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Outros 15 projetos receberão bolsas da própria Universidade e mais 11 iniciativas serão desenvolvidas de forma voluntária. Pesquisas de relevância mundial seguem em destaque no próximo ano. Entre elas, por exemplo, está o monitoramento ambiental da Amazônia, realizado em conjunto com a Universidade de Manchester (Reino Unido) e uma investigação científica para identificar a contaminação por coronavírus em ambientes clínicos, fruto de projeto de abrangência nacional coordenado pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Novos termos de cooperação internacional e trabalhos em parceria também devem ser firmados a partir do próximo ano, com negociações avançadas com instituições de Portugal e da Alemanha.

A tradição da prática extensionista na UNITAU inicia 2022 com a retomada da participação no Projeto Rondon em duas missões nas cidades de Grão Mogol (MG) e Calçoene (AP), nos  meses de janeiro e fevereiro. A Pró-Reitoria de Extensão (PREX) trabalha na expansão das ligas acadêmicas e na regulamentação das que se encontram em atividade. A expectativa é que, no ano que vem, cerca de 40 ligas estejam em atuação, quadruplicando essa atividade que contribui para a promoção da saúde, da educação e de pesquisas. Para o fortalecimento dos vínculos com a região, cerca de 30 projetos de extensão devem ser formalizados em 2022, entre eles uma nova parceria com o Hospital Municipal Universitário de Taubaté (HMUT) para o atendimento de fisioterapia. O projeto de criação do Solar do café na sede da PREX entra em uma nova fase com uma parceria a ser firmada com a Empresa de Pesquisa, Tecnologia e Serviços (EPTS).

Todas essas atividades estão garantidas por um rigoroso planejamento, que permitiu à Universidade manter o equilíbrio financeiro, sem dívidas e com uma gestão fiscal organizada. A Pró-Reitoria de Economia e Finanças (PREF) trabalha com uma previsão de receita orçamentária na ordem de R$ 175 milhões, sem reajustes das mensalidades dos cursos de graduação, com a manutenção de benefícios aos estudantes por meio de descontos e bolsas, além de programas de renegociação de débitos.

“A UNITAU é um patrimônio de Taubaté. Temos uma gestão comprometida em garantir que esse patrimônio seja motivo de orgulho para os taubateanos por muitos anos. Isso é possível com planejamento, melhorias na infraestrutura, inovações tecnológicas e pedagógicas”, reforça a Reitora.

ACOM/UNITAU