UNITAU inicia seleção de candidatos para missões do Projeto Rondon em 2022

13/10/2021

UNITAU, Extensão, PREX, Oportunidade, Extensionista, Aluno

A Universidade de Taubaté (UNITAU) inicia, nesta semana, as oficinas que compõem o processo seletivo para a escolha das equipes de alunos que participarão das missões do Projeto Rondon em 2022.

A Pró-Reitoria de Extensão (PREX) contabilizou 111 candidatos interessados em integrar as operações que acontecerão nas cidades de Grão Mogol (MG) e Calçoene (AP). O processo seletivo segue nos próximos dias com as oficinas em grupo, entrevistas individuais e será encerrado no dia 27 de outubro com a divulgação da lista dos aprovados. A lista será composta por oito titulares e por quatro suplentes por operação, totalizando 24 alunos.

“Será uma tarefa árdua esse processo de seleção. O que a gente busca de vocês e o que mais vai ser valorizado nesse processo é o trabalho em equipe”, afirmou o Prof. Dr. Renato José Soares, um dos coordenadores do projeto, durante live realizada no dia 7 de outubro com os candidatos.

Segundo o Prof. Dr. Edson Trajano, que também integra a coordenação, a primeira etapa do processo seletivo já foi realizada, com as análises das fichas de inscrição e das habilidades dos alunos. “A segunda etapa será a realização das oficinas, com grupos de quatro a oito alunos. As atividades de seleção serão definidas de forma presencial, a partir do dia 14 de outubro, no Departamento de Ciências Jurídicas”.

O Projeto Rondon é uma ação do Governo Federal, que tem como objetivo contribuir com o desenvolvimento da cidadania nos estudantes universitários, estimular a produção de projetos coletivos locais e desenvolver a responsabilidade social dos estudantes.

A última vez em que a UNITAU esteve presente no projeto Rondon foi em 2015. O Ministério da Defesa aprovou duas propostas da Universidade para o próximo ano.

A primeira expedição, operação “Rondon das Gerais”, ocorrerá em Grão Mogol, município em Minas Gerais, com foco em ações nas áreas de comunicação, do meio ambiente, de tecnologia e de produção e trabalho. As atividades acontecerão no período de 27 de janeiro a 13 de fevereiro de 2022. Já a operação “Amapá mais forte” acontecerá na cidade de Calçoene, no Amapá, com ações direcionadas para a cultura, direitos humanos, justiça, educação e saúde. A operação ocorrerá no período de 3 a 20 de fevereiro de 2022.

A viagem precursora a Grão Mogol está prevista para ocorrer de 17 a 23 de outubro. O município de Calçoene deve receber a equipe precursora da UNITAU de 24 a 30 de outubro.

“Construímos, nessa abordagem, oficinas que a gente acredita serem relevantes para aquelas populações, tanto de Minas quanto lá do Norte, mas, para validar todas essas possibilidades, iremos realizar viagens precursoras. Nosso objetivo é conversar com as lideranças comunitárias, com as lideranças em saúde, em educação e com as lideranças políticas. Estamos em uma estruturação para adequar as oficinas que colocamos nos projetos”, concluiu o Prof. Renato.

Foto Leonardo Oliveira
ACOM/UNITAU