Alunos de Odontologia UNITAU têm projeto selecionado no hub de Inovação Tecnológica de Taubaté

24/09/2020

Tecnologia, Aluno, Destaque, Projetos, Inovação, Odontologia, HITT

Os alunos do 8º semestre do curso de Odontologia da Universidade de Taubaté (UNITAU) tiveram o seu projeto de startup aprovado no hub de Inovação Tecnológica de Taubaté (HITT). A Universidade é uma das instituições parceiras do HITT, sediando o hub voltado para a tecnologia, para a inovação e educação, no prédio da UNITAU Digital.

De acordo com o HITT, o processo de seleção dos projetos ocorreu em duas etapas em que, na primeira, as propostas foram avaliadas seguindo critérios, tais como a disponibilidade dos empreendedores, e, na segunda etapa, foram apresentados os pitches para uma banca externa avaliadora composta de professores, mentores e empresários da região. Os alunos com projetos selecionados terão apoio de um conjunto de serviços necessários para o desenvolvimento e para a aceleração do projeto.

O projeto selecionado, denominado “Vibrion”, tem o objetivo de auxiliar a escovação dentária de pessoas com dificuldades motoras, por meio de um adaptador. Esse componente permitirá que escovas comuns tenham a mesma vibração de uma escova elétrica, por um valor mais acessível no mercado.

“A ideia surgiu em uma aula sobre odontologia hospitalar. Naquele momento, percebi que precisávamos massificar o uso das escovas elétricas, pois elas podem ajudar os dentistas e pacientes, que estão em UTIs”, comenta o aluno Vítor Hugo Ferneda, um dos desenvolvedores do Vibrion. “Pretendemos acabar com a elitização (da escova elétrica) que sempre ocorreu”, pontua o estudante, ao mencionar o baixo custo que terá o adaptador.

A proposta inicial dos universitários era de tornar o "Vibrion" como trabalho de graduação (TG) do curso de Odontologia, mas, devido à importância do projeto, foram motivados pela Profa. Dra. Lucilei Lopes Bonato e pela Profa. Dra. Ana Paula Lima Guidi Damasceno a expandirem o projeto como uma startup e, assim, apresentá-lo para a seleção do HITT.

"Grande parte das patologias bucais podem ser prevenidas com uma higiene bucal adequada. Pesquisas mostram que a escovação realizada com escovas elétricas é mais eficiente, porém o custo restringe seu uso. Orientar esse trabalho e esses alunos inovadores é desafiador e prazeroso. Não posso me ater apenas à orientação acadêmica, tenho de me atualizar e 'viajar' nas ideias brilhantes deles", comenta a professora Lucilei.

Para o aluno Marco Vinícius de Sales Lima, que também desenvolve o adaptador, a sensação de poder aprimorar a saúde bucal de outras pessoas, por um valor reduzido, é muito gratificante. “Esperamos que, ao concluir este projeto, possamos contribuir com a sociedade, aumentando a qualidade de vida das pessoas com dificuldades motoras. Isso nos deixa muito felizes, pois sabemos que o projeto auxiliará na prevenção de doenças bucais”, comenta o estudante.

ACOM/UNITAU