UNITAU oferece atendimento nutricional e acompanhamento físico aos servidores

27/08/2020

Saúde, Nutrição, Professor, Servidor, Acontece

A Universidade de Taubaté (UNITAU) tem se preocupado com o momento atual e com a saúde, não só dos alunos, mas também de todos os seus servidores. Pensando nisso, a Universidade idealizou programas de cuidados nutricionais e físicos, para atender docentes, servidores e seus familiares, durante o período de isolamento social.

O Centro de Educação Alimentar e Terapia da UNITAU (CEATENUT) realiza, de forma remota e gratuita, os atendimentos nutricionais. A consulta é feita por alunos do curso de Nutrição, com a supervisão dos professores. Após o atendimento, o paciente recebe as orientações nutricionais por e-mail e faz um acompanhamento quinzenal ou semanal, o que varia conforme cada caso. Para se inscrever, basta preencher o formulário.

A coordenadora do CEATENUT, Profa. Esp. Maria Claudia Diniz Figueiredo, reforça a necessidade do atendimento nutricional durante a pandemia. “O acompanhamento nutricional é de grande importância para manter a saúde e o bem-estar, já que uma boa alimentação melhora a imunidade e a concentração, previne doenças e proporciona mais disposição, entre outros benefícios, por isso é importante procurar esse atendimento com um nutricionista”, pontuou.

O outro programa oferecido pela Universidade é o de acompanhamento físico, realizado pelos alunos bolsistas do Departamento de Educação Física, com a supervisão do Prof. Esp. Luiz Antonio Alcantara Cembranelli Junior. O acompanhamento também acontece remotamente, e os servidores podem escolher entre realizar as atividades individuais ou em grupo. Para participar, o interessado deverá procurar o supervisor da atividade.

“Temos vários servidores que estão trabalhando em casa, ou presencialmente, mas que estão num estresse muito grande por conta do isolamento social. Então, a ideia é oferecer aos colaboradores da UNITAU essa atividade física e promover essa movimentação”, comenta o professor Luiz Cembranelli.

Lucas Ferreira
Foto Leonardo Oliveira
ACOM/UNITAU