Ex-aluna assume a direção do Departamento de Comunicação

27/01/2016

A trajetória de Edilene Maia de Almeida Macedo na Universidade de Taubaté (UNITAU) começou em 1986, quando ela ingressou no curso de Jornalismo, e seguiu após o término da faculdade, quando a profissional começou a ministrar aulas. Ela continuou como coordenadora dos Trabalhos de Graduação, por dez anos, foi coordenadora do curso de Jornalismo, por quatro anos, e, em 2016, assumiu a Direção do Departamento de Comunicação Social. "Eu construí a minha carreira dentro da Universidade. Mesmo com o pensamento de ser jornalista da TV Cultura ou correspondente de guerra, o lado pedagógico já estava em mim e, quando me formei, ele acabou falando mais alto", contou Edilene. Apaixonada por cinema, a professora acabou ganhando um papel importante na vida de muitos alunos. "Não dá para trabalhar com gente, principalmente com os jovens, esperando uma rotina. Todos os dias há um novo desafio. Com o tempo, a atuação no Departamento foi crescendo, assim como o relacionamento com os alunos e com os colegas de trabalho", disse ela. Há vinte anos no Departamento, Edilene relata que vivenciou grandes momentos na Instituição e afirma que agora o trabalho é de continuidade. "O Departamento passa por um momento muito bom de relacionamento com os alunos e de fortalecimento do projeto pedagógico. O objetivo agora é movimentar o Departamento, dando continuidade ao que já estamos fazendo", explicou. "Queremos que os alunos sejam otimistas, entusiastas, que eles queiram ficar aqui um pouquinho mais depois da aula. Para isso, vamos trabalhar a cultura dentro do Departamento. Aproveitar esse espaço para trazer música, teatro, concursos, filmes. Uma Universidade com alunos presentes e atuantes, esse é meu desejo", finalizou a professora.     Thaiz Wertz ACOM/UNITAU

A trajetória de Edilene Maia de Almeida Macedo na Universidade de Taubaté (UNITAU) começou em 1986, quando ela ingressou no curso de Jornalismo, e seguiu após o término da faculdade, quando a profissional começou a ministrar aulas. Ela continuou como coordenadora dos Trabalhos de Graduação, por dez anos, foi coordenadora do curso de Jornalismo, por quatro anos, e, em 2016, assumiu a Direção do Departamento de Comunicação Social.

“Eu construí a minha carreira dentro da Universidade. Mesmo com o pensamento de ser jornalista da TV Cultura ou correspondente de guerra, o lado pedagógico já estava em mim e, quando me formei, ele acabou falando mais alto”, contou Edilene.

Apaixonada por cinema, a professora acabou ganhando um papel importante na vida de muitos alunos. “Não dá para trabalhar com gente, principalmente com os jovens, esperando uma rotina. Todos os dias há um novo desafio. Com o tempo, a atuação no Departamento foi crescendo, assim como o relacionamento com os alunos e com os colegas de trabalho”, disse ela.

Há vinte anos no Departamento, Edilene relata que vivenciou grandes momentos na Instituição e afirma que agora o trabalho é de continuidade. “O Departamento passa por um momento muito bom de relacionamento com os alunos e de fortalecimento do projeto pedagógico. O objetivo agora é movimentar o Departamento, dando continuidade ao que já estamos fazendo”, explicou.

“Queremos que os alunos sejam otimistas, entusiastas, que eles queiram ficar aqui um pouquinho mais depois da aula. Para isso, vamos trabalhar a cultura dentro do Departamento. Aproveitar esse espaço para trazer música, teatro, concursos, filmes. Uma Universidade com alunos presentes e atuantes, esse é meu desejo”, finalizou a professora.

 

 

Thaiz Wertz

ACOM/UNITAU